PAISAGENS DO SERIDÓ

Pega de boi no mato







O evento (Pega de Boi no Mato) na Fazenda Pitombeira, em Acari.

O evento sempre atrai centenas de pessoas, entre elas: vaqueiros, jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas e curiosos. Diferente da vaquejada, onde as duplas perseguem o boi numa arena demarcada, a Pega de Boi no Mato acontece no meio da vegetação catingueira com os vaqueiros encourados se embrenhando no mato em cima dos seus cavalos ligeiros para pegar o animal, enfrentando espinhos de juremas e touceiras de xique-xique.

Tradição secular quase extinta no Rio Grande do Norte, a ‘pega de boi’ na vastidão da caatinga é onde homens vestem os gibões de couro e soltam os bois no mato seco e pontiagudo da caatinga. Na brincadeira, o campeão é aquele que conseguir pegar o boi em menor tempo. O vaqueiro precisa apenas pegar o chocalho com a numeração e entregar na mesa da comissão, tocando o sino para finalizar o tempo do cronômetro.

Por Nelder Medeiros

O vaqueiro percorre as pastagens, preenchendo o espaço vazio dos sertões com seus aboios de saudade. Sempre montado a cavalo, o cuidador do gado enfrenta diariamente o sol escaldante e a constante seca da caatinga, sem descanso, sem divagações.

Ao vaqueiro, ícone do imaginário popular do Nordeste brasileiro, é atribuído o título de herói mitológico.

Por Rafaella Britto

Pega de boi no mato
Acari / RN - Região do Seridó


Foto: Alex Gurgel / Canindé Soares / Nelder Medeiros
Paisagens do Seridó - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Castelo Di Bivar

Vaqueiros do sertão

Cachoeira da Vaca