PAISAGENS DO SERIDÓ

Igreja matriz de Santana dos Matos


A Paróquia de Senhora Sant’Ana foi criada em 13 de agosto de 1821, por um decreto do Imperador Dom Pedro I, desmembrando-a, assim, da Paróquia de São João Batista, de Açu.

Em 1826, José Virgílio Borba fez doação de uma parte de terra para patrimônio da Matriz. Em 1907, os limites da Paróquia foram alterados por Dom Adauto e, em 1912, D. Joaquim põe os limites da Paróquia em igualdade com os civis.

Foi a décima primeira paróquia a ser criada no Rio Grande do Norte, quando ainda era, do Imperador, a determinação de criar uma paróquia. Na época, o Rio Grande do Norte era ligado à Arquidiocese de Olinda e Recife.

O Padre Lúcio Gambarra (1907 a 1915) foi o responsável pela construção da maior parte da Matriz. Ela conseguiu que dos Estados Unidos, por intermédio do Coronel Cascudo, um forro de zinco esmaltado e em relevo, de linda padronagem, que hoje cobre todo o teto interior da Igreja.

A Paróquia de Santana abrange, atualmente, os municípios de Santana do Matos e Bodó com uma área de 1.674 km, com 66 comunidades.

Igreja Matriz de Sant'Ana
Santana do Matos / RN - Região do Seridó


Foto: Alexandro Gurgel
Paisagens do Seridó - OpenBrasil.org