PAISAGENS DO SERIDÓ

Alambique Samanaú




Em 1994, com a construção da Barragem Passagem das Traíras, perenizando o Rio Seridó, foi incrementado o cultivo da cana de açúcar e a idéia de transformá-la em cachaça.

Pioneiramente, Vidalvo Dadá Costa aceitou o desafio e em 2004 instalou no Sítio Samanaú um alambique artesanal onde produz a Cachaça Samanaú.

Samanaú, segundo o historiador Luís da Câmara Cascudo, origina-se de “camana-u”, que significa colina, elevação, daí Serra de Samanaú. A Serra de pedras listradas de preto, que hoje se chama São Bernardo, dá nome a cachaça genuinamente artesanal que passou a fazer parte da tradição e da cultura seridoense.

A Revista Playboy colocou a Samanaú entre as cinco melhores das 6.500 cachaças existentes no Brasil, a avaliação foi feita pelo especialista Marcelo Câmara e está na página 25 da revista de circulação nacional.

No dia 21 de outubro de 2012 a Cachaça Samanaú Prata, foi premiada como a segunda melhor cachaça do mundo pelo New York International Spirits Competition (NYISC), a maior competição de destilados do mundo. A competição é realizada anualmente e reúne o melhor da produção mundial de destilados.

Alambique Samanaú
Caicó / RN - Região do Seridó


Foto: (1) Ricardo Junqueira / (2) Divulgação
Paisagens do Seridó - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Castelo Di Bivar

Vaqueiros do sertão

Cachoeira da Vaca