PAISAGENS DO SERIDÓ

Museu do Sertanejo











O museu foi construído em 1887 para abrigar a força pública, a cadeia, e a intendência de Acari, o antigo paço e cadeia foi tombado pelo IPHAN em 16 de junho de 1964 e restaurado em 1980, transformou-se em um museu em 1990. Desde então divulgam a história das duas mais antigas principais fontes econômicas do município: a criação de gado e o cultivo do algodão.

Agora, totalmente reformado, os bens que compõem o acervo do museu foram doados em 1990, pela comunidade urbana e rural, Em seu acervo se destaca o artesanato, a moradia rural, utensílios domésticos, de trabalho, armas, instrumentos musicais entre outros, que representam os costumes do homem sertanejo e sua história.

O museu do sertanejo é um dos mais expressivos celeiros culturais do Nordeste Brasileiro e pode ser considerado o maior patrimônio histórico de Acari, pois é memorável, ele oferece ao povo com seus bens um legado, que no caso seria (a carga cultural da cidade contada pelo museu). Quando entramos no museu ele deixa bem claro tudo aquilo que ele quer passar, a preservação das crenças e costumes peculiares do homem seridoense.

Além de ser classificado também como Patrimônio cultural pois conta a Historia através de seus costumes, suas comidas típicas e crenças.

Museu do Sertanejo
Acari / RN - Região do Seridó


Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org
Paisagens do Seridó - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Castelo Di Bivar

Vaqueiros do sertão

Cachoeira da Vaca