PAISAGENS DO SERIDÓ

Cerca de pedra







As nossas velhas cercas de pedra contam-nos a história seridoense do ciclos do gado e do algodão. Em suma, a história da ocupação rural do território seridoense e da pujança da sua economia, que elevou a região a patamares econômicos, sociais, políticos e culturais tão altos, jamais atingidos em épocas subsequentes, inclusive a atual.

Demais disso, as cercas de pedra, como os açudes primitivos, são hoje autênticos monumentos à inteligência do seridoense trabalhador rural, vaqueiro, fazendeiro, pecuarista e suas respectivas famílias. Construídos com muito suor e criatividade.

É crime cultural destruí-los, são verdadeiros monumentos à inteligência sertaneja.

A cerca de pedra é exemplo perfeito da utilização sustentável de recursos naturais, hoje em dia na pauta de todas as discussões sobre desenvolvimento; porque a inteligente observação do nosso homem do campo concluiu sabiamente que esse seria o único tipo de cerca permanente. Se porventura vier a cair, o material de reconstrução permanecerá no local. Nenhum outro tipo de cerca oferece essas duas vantagens.

Nossas velhas cercas de pedras são a expressão da história e a cultura da nossa região, o sertão do Seridó.

Por: João da Mata

Cerca de pedra
Região do Seridó


Foto: (1) Canindé Soares / (2) A/D - Arquivo OpenBrasil.org / (3) Sandra Kelly de Araújo
Paisagens do Seridó - OpenBrasil.org